Zé Raimundo
Zé Raimundo

Governo anunciará edital de licitação para recuperação da estrada Poções - Nova Canaã

Ler mais
  O Governo do Estado deve anunciar na próxima semana a liberação do edital de licitação para recuperação da BA-262, estrada que liga o município de Poções a Nova Canaã. A informação foi assegurada pelo secretário ...

Potiraguá: Governo garante recuperação da BA-270

Ler mais
O Governo do Estado garantiu, por meio do secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a recuperação da BA-270, trecho que liga o município de Potiraguá à BR 101. O anúncio foi feito ao deputado Zé Raimundo na manhã de hoje (22), em audiência ...

Prefeito de Cordeiros​ reivindica água, energia e apoio à agricultura

Ler mais
  O prefeito de Cordeiros, Delci Alves Luz, e seu vice, Renivaldo Souza (conhecido como Teco) cumpriram extensa agenda de audiências em Salvador, articuladas pelos mandatos dos deputados Zé Raimundo (estadual) e  Waldenor Pereira (federal) . Em defesa de melhorias para a ...

Rui costa: "Nós vamos fazer com recurso próprio a barragem do Catolé"

Ler mais
Em visita a Vitória da Conquista ontem (9), o governador Rui Costa voltou a falar sobre um compromisso que assumiu com o município e que é de interesse de toda a população: a construção da Barragem do Catolé.  Questionado sobre a falta ...
Abertas inscrições para auxílio permanência a estudantes das universidades estaduais
17/3/2017 | Por: Secom BA

Estudantes das universidades estaduais da Bahia têm até o dia 31 de março para se inscrever no Programa Mais Futuro (NESTE LINK: http://bit.ly/2mpqJWS). A iniciativa promove o Projeto Estadual de Auxílio Permanência, do Governo do Estado, que é destinado a alunos em condições de vulnerabilidade socioeconômica das quatro universidades estaduais da Bahia (Uesc, Uesb, Uefs e Uneb). O objetivo é apoiar os estudantes na continuidade dos estudos, evitando o abandono do curso e contribuindo para que concluam suas graduações. 

“A meta é beneficiar nove mil estudantes universitários com auxílio permanência e estágio, em investimentos que chegarão a R$ 50 milhões até o fim de 2018”, afirma o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. O secretário explica que para ter acesso ao benefício, o estudante deve estar inserido em alguns critérios, como possuir registro, individual ou familiar no Cadastro Centralizado de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); possuir renda familiar per capita mensal não superior a meio salário mínimo; possuir renda familiar total mensal de até três salários mínimos e não ter nenhum vínculo empregatício.

O estudante do Curso de Jogos Digitais, Gildean Dias, da Uneb, em Salvador, está na expectativa de ser beneficiado. O ex-aluno do Colégio Estadual de Monte Gordo, no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, trabalhava como vendedor ambulante com a mãe e, ao fazer o primeiro semestre na Uneb, diz que a bolsa será fundamental para que ele realize o sonho da graduação que é esperado por toda a família. 

Compartilhe
Caravana do Pacto Pela Vida reúne autoridades em Vitória da Conquista
7/3/2017 | Por: Secom BA

A Caravana do Pacto Pela Vida chega a Vitória da Conquista. A iniciativa, que prevê ações integradas para a redução dos índices de violência no interior do Estado, é destaque do programa Digaí, Governador! desta semana. Com reuniões itinerantes, a Caravana tem objetivo de aproximar o governador, Ministério Público, autoridades do Tribunal de Justiça e Defensoria Pública aos representantes regionais da segurança como oficiais da Policia Militar e Polícia Civil.

“É uma reunião do Pacto Pela Vida, que acontece para discutir a segurança do estado inteiro, mas só acontecia em Salvador. Agora vai percorrer o estado, para que possamos reunir e conversar com os profissionais da segurança que atuam em cada região”, conta Rui.

O governador Rui Costa iniciou a agenda pelas cidades do interior nesta segunda-feira (6), no município de Candeias, para entrega de anel viário, que desafoga tráfego de veículos pesados na região. “Nós tivemos a inauguração da primeira etapa do anel viário, foram entregues oito quilômetros de pista, o que é um sonho da população de Candeias há muitos anos, que desejava que carretas com produtos químicos deixassem de circular pela cidade”, afirmou. 

Compartilhe
Sesab inicia distribuição de repelentes no próximo dia 15
6/3/2017 | Por: Secom BA

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) inicia, no próximo dia 15, a distribuição dos repelentes adquiridos pelo Ministério da Saúde para as gestantes beneficiárias do Programa Bolsa Família. De acordo com o quantitativo previsto pelo Ministério da Saúde, serão distribuídos, na Bahia, mais de 109 mil repelentes por mês, cuja substância ativa é o Deet (Diethyl Toluamide), que oferece proteção contra insetos como o Aedes aegypti, Culex e Anopheles aquasalis, de até 10 horas.
 
Segundo o cronograma estabelecido, serão sete lotes para a distribuição, sendo que dois deles estarão disponíveis nesta primeira entrega. Os municípios que receberão, por mês, o maior quantitativo de repelentes são Salvador (9.810), Feira de Santana (2.904), Juazeiro (2.104), Vitória da Conquista (2.032), Itabuna (1.150), Jequié (1.236), Ilhéus (1.108), Porto Seguro (1.090), Lauro de Freitas (1.068) e Barreiras (1.046).
 
O procedimento para a retirada é simples. As 417 secretarias municipais de saúde da Bahia deverão apresentar os mesmos documentos previstos para a entrega dos medicamentos do componente básico da assistência farmacêutica junto à Central Farmacêutica da Bahia (Cefarba). É imprescindível o agendamento prévio, com antecedência mínima de três dias, pelo e-mail sesab.caf@saude.ba.gov.br. Em caso de dúvida, os gestores municipais podem ligar para o número (71) 3376-3697. A lista completa com os municípios está disponível no site da Sesab.

Compartilhe
Para 84% dos brasileiros, país segue no rumo errado
6/3/2017 | Por: Brasil 247

Para 84% dos brasileiros, o País está no rumo errado, revela a pesquisa “O Brasileiro e a Política”, pelo Instituto Locomotiva, do economista Renato Meirelles.

O levantamento mostra ainda que 96% acham que o País vive uma crise, considerada grave para 75% dos brasileiros; resultado mostra o enorme distanciamento entre os cidadãos e a classe política,  fenômeno que não é novo mas que vem à tona em números atuais.

“Os dados, no conjunto, mostram que o descolamento entre dirigentes e opinião pública nunca chegou a um patamar tão grande”, resume Meirelles sobre a sondagem, que apresentou. “O que temos hoje, no País, é um caminho sem volta, que só se resolve quando se repactuar um novo modelo para gerir a sociedade”, constata o pesquisador.

As informações estão em entrevista concedida a Gabriel Manzano, da coluna de Sonia Racy.

Compartilhe
Por uma greve internacional militante no 8 de março
6/3/2017 | Por: Blog da Boitempo

Um conjunto de intelectuais e ativistas feministas sediadas nos EUA acaba de publicar um chamado para uma greve geral internacional das mulheres neste próximo 8 de março. O texto, assinado por Angela Davis e Nancy Fraser, entre outras, defende que as marchas das mulheres contra Trump, realizadas no último 21 de janeiro em diversas cidades, podem marcar o início de uma nova onda de luta feminista militante, mas propõe um urgente acerto de contas com o “feminismo empresarial” hegemônico e seus limites para construir em seu lugar “um feminismo para os 99%, um feminismo de base, anticapitalista; um feminismo solidário com as trabalhadoras, suas famílias e aliados em todo o mundo.” O primeiro passo neste processo seria a greve internacional convocada para este 8 de março.

O Blog da Boitempo publica, abaixo, o texto integral do manifesto, precedido por um breve comentário introdutório de Flávia Biroli que aproxima a discussão ao contexto brasileiro. Publicado originalmente na Viewpoint Magazine, em 3/02/2017, com o título “Beyond Lean-In: For a Feminism of the 99% and a Militant International Strike on March 8“, a tradução é de Daniela Mussi, originalmente para o Blog Junho. 

* * *

As reações aos direitos das mulheres se ampliaram ao mesmo tempo em que outros direitos são colocados em xeque de maneira brutal. No Brasil e em outras partes do mundo, direitos trabalhistas, à saúde e à segurança na velhice são desmantelados, evidenciando a face atual do neoliberalismo. Sexismo, xenofobia, racismo e transfobia estão articulados à redução das garantias de trabalhadoras e trabalhadores e ao aumento das desigualdades e da violência.

Compartilhe
Bahiafarma é autorizada a quebrar monopólio sobre venda de insulina
3/3/2017 | Por: Bahia Ponto Ba

A Bahiafarma recebeu autorização do Ministério da Saúde para quebrar o monopólio das companhias estrangeiras sobre a venda de insulina destinada aos portadores de diabetes atendidos pelo SUS. Conforme a coluna Satélite, do jornal Correio, o sinal verde foi dado pelo ministro da pasta, Ricardo Barros, que concedeu ao laboratório público da Bahia a liberação para firmar Parceria para Desenvolvimento Produtivo (PDP) com a empresa ucraniana Indar, voltada à fabricação no Brasil de insulina de origem animal e dos chamados análogos, criados por meio de engenharia genética.

A PDP, que obriga a Indar a transferir para a Bahiafarma a cadeia tecnológica usada na produção, é o primeiro passo para resolver as constantes faltas de insulina nas unidades públicas de saúde em todo o território nacional, um dos mais graves problemas enfrentados atualmente pelo SUS.

Outra vantagem da fabricação no país é a redução dos altos preços cobrados pelos laboratórios estrangeiros sobre seus produtos importados. Apenas os portadores de diabetes tipo 1, dependentes regulares de insulina, representam um universo de 600 mil brasileiros.

Compartilhe
Mercadante: Pesquisa enterra preconceito histórico contra cotas, Fies e Prouni
23/2/2017 | Por: Brasil 247

Recente pesquisa, que analisou o desempenho de mais de 1 milhão de alunos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) entre 2012 e 2014, concluiu que a qualificação dos formandos que tiveram acesso ao ensino superior em razão das políticas de inclusão social equivale ou até supera a dos demais alunos.

O estudo (leia aqui) foi desenvolvido por Jacques Wainer, professor titular do Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas, e Tatiana Melguizo, professora associada da Rossier School of Education da University of Southern California.

Para comentar os resultados da pesquisa e avaliar o impacto das políticas de inclusão social de acesso ao ensino superior dos governos Lula e Dilma, ProUni Fies e cotas (raciais e sociais), o 247 faz uma entrevista exclusiva com ex-ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Compartilhe
Alba Canal Assembléia
23/12/2015 O que se esconde atrás do ódio ao PT? Por: Leonardo Boff
Waldenor Deputado Federal

Zé Raimundo ® todos os direitos reservados.
Este site foi desenvolvido pela 2Pontos Agência Digital