Zé Raimundo
Zé Raimundo
Matérias / Releases

Zé Raimundo destaca desempenho positivo do Estado
21/6/2017 | Por: Joana D´arck

A Bahia é o segundo estado em volume de investimentos entre janeiro e abril deste ano, com R$ 723 milhões destinados a obras como a construção do aeroporto de Vitória da Conquista e intervenções viárias em Salvador, e ações significativas em todos os municípios. Mantém-se, portanto, num patamar extramente positivo, segundo avaliou o deputado estadual Zé Raimundo (PT), ao final da apresentação do secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, sobre o balanço do último quadrimestre, realizada hoje (20), na Assembleia Legislativa da Bahia.

Membro titular da Comissão de Finanças, Orçamento e Controle, promotora da audiência para a apresentação das contas do Executivo, conforme exigência constitucional, Zé Raimundo parabenizou o secretário e o governador Rui Costa. “O governo do estado da Bahia vem conseguindo equilibrar suas contas financeiras, mantendo em dia o pagamento do funcionalismo, diferentemente de outros estados, continua investindo em importantes obras, e vem adotando medidas para melhorar a gestão, com captação de recursos externos, pois a Bahia ainda tem capacidade de endividamento”, observou.

De cordo com o secretário, a Bahia ficou atrás apenas de São Paulo em volume de investimentos entre os estados em termos absolutos. Mas no que diz respeito à evolução do montante investido em comparação com igual período do ano passado, o governo baiano, com crescimento de 10,2%, superou o paulista, que registrou 7,6%.

Em 2016, o Estado já havia sido responsável pelo maior investimento do país como proporção da despesa, o que constitui um importante estímulo para a economia baiana no cenário atual. “A ampliação dos investimentos contribui para o enfrentamento da crise ao promover a geração de emprego e renda na capital e no interior”, lembrou Manoel Vitório.

Os investimentos públicos do Estado, explicou o secretário, têm sido realizados justamente com recursos de operações de crédito, incluindo superávits de operações contratadas em exercícios anteriores, e ainda com receitas próprias. “Temos conduzido uma politica responsável de endividamento e temos uma das dívidas mais baixas do país, equivalente a metade da receita corrente líquida, o que nos proporciona margem de crédito para dar continuidade ao programa de investimentos”, afirma.

Também são exemplos de investimentos do Estado no período as obras de expansão do metrô de Salvador, que chegou em maio à estação Pituaçu na Avenida Paralela, as vias estruturantes como as avenidas 29 de março e Gal Costa, os novos hospitais regionais da Chapada e do Cacau, a rede de policlínicas no interior, a construção e a recuperação de estradas, a construção de barragens e outras obras de segurança hídrica, a construção e a recuperação de escolas.

Comparilhe
Alba Canal Assembléia
23/12/2015 O que se esconde atrás do ódio ao PT? Por: Leonardo Boff
Waldenor Deputado Federal

Zé Raimundo ® todos os direitos reservados.
Este site foi desenvolvido pela 2Pontos Agência Digital